Botões de atalho: Seu maior leak no poker pode ser a preguiça

O jogador de poker naturalmente desenvolve algumas habilidades ao longo da vida. Desenvolve o raciocínio lógico-matemático, ganha agilidade (tanto nas decisões quando nas ações), aprende a ser paciente, entre outras coisas. Contudo, como muitas ações do jogador acabam sendo repetitivas, nos tornamos preguiçosos em alguns momentos. E essa preguiça pode nos custar MUITO DINHEIRO no longo prazo. Continue lendo para saber quando fazemos durante o grind e como corrigir esses leaks.

 

O cérebro, sempre ele

Ah , o cérebro… Quantas e quantas vezes já falamos dele no RIT. Aqui, aqui, aqui e aqui. Mas não temos como fugir, entender suas questões é importantíssimo para nós que jogamos poker.

Raciocinar é custoso ao nosso corpo. O cérebro gasta muita energia ao fazer grandes esforços, em decisões críticas por exemplo. Visando poupar energia com decisões simples, ele joga atividades automáticas ou repetitivas para uma área que pode ser acessada rapidamente, sem maiores custos, digamos assim. Assim sobra energia e espaço para fazer aquelas que são mais difíceis. Por isso que fazemos algumas coisas no dia a dia “sem pensar”.

Depois de aprender a dirigir, você não pensa muito para olhar no retrovisor antes virar à esquerda (tá, tem retardado que não pensa e nem olha, eu sei), ou se concentra para apertar a embreagem e encaixar a marcha ao mesmo tempo… Seu cérebro já sabe como fazer isso e agiliza o processo.

E isso também acontece com jogadores de poker, especialmente com a os jogadores que grindam pesado no online. Vejamos.

O paradoxo Volume x Qualidade

Já sabemos que o multitabling existe para atender a necessidade de darmos volume ao poker online. Mas somos humanamente incapazes de perceber e armazenar todas as informações de 12 telas a nossa frente. Até por isso utilizamos os HUD. É uma tentativa de fazer artificialmente o que o cérebro faz naturalmente, até certo grau. Acessar as estatísticas dos adversários de maneira rápida significa economizar a energia de ter que olhar todas as telas, todas as ações, interpretar cada uma delas para tomar uma decisões em seguida.

Assim, os HUD nos tornam ágeis. Já sabemos rapidamente que 4betar light um jogador com 3% de 3bet pode ser perigoso. Se tivéssemos que relembrar quando foi a última 3bet dele, em que spot, qual foi o showdown, em que amostragem, gastaríamos muito tempo e energia nesse processo.

Além da energia, tem a questão da agilidade. Jogar várias telas exige rapidez. Por isso incluímos no mouse ou teclado um botão de atalho para o fold, por exemplo, que é uma ação muito repetida no grind. Assim não precisamos ir até o botão de fold e clicar. Não a toa vemos jogadores diminuindo seu volume a medida que ficam mais velhos. Os olhos, os dedos (e as costas também) não respondem mais como antes. E quanto mais rápido pudermos agir, melhor.

Outro reflexo dessa demanda por volume foi o surgimento dos torneios zoom, no qual ao clicar antecipadamente no botão de fold, já somos jogados diretos em outra mesa para uma nova ação. Por um lado é bom, pois conseguimos jogar em uma hora um número de mãos bastante superior ao formato padrão. Mas sempre tem um “mas”.

– Tá bom, e os botões de atalho entram onde nessa história toda?

Eu já sabia que você ia perguntar.

————————
Mas antes, responda com sinceridade:

————————

O leak dos botões de atalho

Nessa agonia, acabamos por utilizar indevidamente os botões de atalho do nosso software de poker.

Antes da ação chegar até nós, muitas vezes marcamos indevidamente a opção de “Fold”, na ideia de “desligar” a mente daquela mesa uma vez que sua mão não é boa. Contudo, muitas dessas vezes a ação correta seria ter pago ou mesmo aplicado um raise, por odds, por posição, entre outros motivos. Aquele T6 no big blind pode merecer um call. Aquele K2 no botão pode merecer uma 3bet light. E não o fazemos por… preguiça. Por não querer esperar a ação até nós. Por, precipitadamente, acharmos que aquela mão é um lixo completo e, portanto, descartável.

Até jogadores experientes cometem esse erro básico. Não é necessariamente um leak técnico, mas sim um erro de comportamento. E sendo assim, mesmo os mais vividos no jogo podem cometê-lo.

Cada mão é um spot diferente. Se você SEMPRE faz a mesma coisa com uma determinada mão, está cometendo um erro. Jogar sempre do mesmo jeito com uma mão específica é voltar ao nível 1 de pensamento. E se você está lendo este artigo, provavelmente já passou desse nível e não pode mais fazer essa donkisse do caralho se dar ao “luxo” de cometê-lo.

Imagine que a cada fold que você der numa mão de maneira equivocada esteja perdendo 2bbs a cada 100 mãos jogadas. Consegue imaginar o custo disso em um ano? E no resto da sua vida? Já percebeu o tamanho do buraco, né?

Um leak relacionado talvez ainda mais grave são os botões de atalho para size bets. Mais grave pois fazemos mais apostas pós flop do que foldamos indevidamente pré flop.

Da mesma forma, na ânsia de acelerar o game, usamos os botões de atalho para escolher qual size apostar. E ai muitas vezes acabamos por betar mais quando poderíamos economizar um pouco e também por extrair menos em função do size configurado no botão. Pior de tudo, a quantidade de locks mega donks fdps jogadores que betam 50% em qualquer spot é absurda. Tudo porque o maldito botão já está lá. Um preguiça que custa muito caro. Se você faz isso SAIA DAQUI AGORA MESMO SEU LOCK! Mentira, fique, mas ajuste isso imediatamente. Acho que mensurar o custo disso no longo prazo é impossível. É MUITO.

Como corrigir este erro?

Aqui vão duas sugestões:

1 – Apague todos os botões de atalho por 1 mês. É meio “tratamento de choque” mas pode te ajudar. Digite o size em todos os spots. É trabalhoso mas fará você perder o vício de clicar antecipado nos botões de check/fold, etc. Além disso fará você pensar sobre os sizes das apostas, coisa que talvez você esteja fazendo “no automático”.

2 – Possivelmente um volume muito alto esteja te forçando a usar os botões de atalho. Cogite reduzir um pouco a quantidade de telas. Isso fará você focar mais e te ajudará a ganhar alguns segundos para pensar e executar cada jogada, incluindo os size bets.

3 – Tentar raciocinar um pouco mais em cada mão, mesmo aquele spot que parece óbvio, tente pensar como seria jogar de uma forma diferente, antes ou depois de fazer sua ação.

Se tiverem outras sugestões que possam ajudar a corrigir este erro, ou outros leaks associados a estes, sugiram nos comentários. Irá ajudar a enriquecer o assunto.

GL e digita esse bet ai!

 


Cadastre em nossa lista para receber nosso conteúdo em primeira mão. Clique aqui para se cadastrar.

Conheça nosso podcast. Escute nosso último episódio: Poker Diversão x Poker Profissão

Ou então continue evoluindo no poker e leia nosso último artigo: A importância do review de torneios no poker

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Botões de atalho: Seu maior leak no poker pode ser a preguiça

  1. Pingback: Teste de Chatice: responda e saiba se você é um mala numa mesa de poker | RIT Podcast - Run It Twice - Poker

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s