RIT Analisa #1 – AA em board monotom

Fala galera, beleza?

Vamos dar inicio ao nosso RIT Analisa, onde teremos pelo menos duas visões de como nós jogaríamos uma mão específica. Começamos com uma mão bem interessante enviada pelo leitor “luizmaju”. Vejam o replay no link da mão abaixo:

rit analisa 1

Clique na imagem para reproduzir a mão

Ponto de vista de Murilo

AA é sempre bom! Vilão 1 no UTG abre de limp, com stack de 10bb efetivos, nós estamos no HJ com 100bb, muito confortáveis, e o size de 3x+1 por limper é o mais correto. Seguimos com um bet de $200 e acredito que é tranquilo, todos foldam e o BB com 50b completa, o limper paga e vemos um flop contra 2 vilões, em posição.

FLOP ($667): J2K
Board feio para AA, não vai ser fácil largar essa mão, porém não vamos nos expor muito. BB vai de check e o Vilão 1 aposta $250 deixando $53 para trás. Antes de pensarmos na nossa ação, vamos analisar o contexto: Temos um board com possibilidade de dois pares, trinca, Flush draw, Straight draw, e Flush feitos, e nosso adversário sai apostando um “allin disfarçado” contra dois oponente. Visto que essa ação do Vilão 1 representa muita força podemos levar em consideração o fold como uma boa opção (já que $917 não representa tanto no nosso stack). Ao dar o call, abrimos a oportunidade do BB pagar e ver uma carta com mais odds, o nosso raise já nos coloca em uma situação de erro e já o fold não nos comprometemos mais nesse board carregado num nível tão inicial do sng. (Caso tivesse um Ás do naipe do board, eu provavelmente estaria disposto a aumentar no flop)

TURN ($1.417): J2K K
Não que tenha nos ajudado, mas também não muda muita coisa. O BB check e o Vilão 1 vai de allin com o restante das fichas. Não posso foldar por causa de $53 e tão pouco aumentar por conta do board e nível de torneio. Caso o BB resolvesse fazer qualquer aposta eu decidiria largar a mão, mas ele apenas paga e vemos um river barato.

RIVER ($1.576): J2K K 7
O river não nos ajuda em muita coisa, apenas não completa nenhum outro draw, porém o BB resolve sair liderando apostando $1600, valor maior que o pote e quase em allin. Não tenho uma razão muito boa para querer pagar essa aposta, visto que temos dois pares, estamos ganhando apenas de Jx, alguns pares e draws falhados, e não gosto de pagar uma overbet nesse nível sem estar com uma chance muito boa de estar ganhando.

Conclusão: Tirando o flop que eu teria foldado pela análise, turn e river jogaria igual! Nesse nível inicial de jogo não gosto de me arriscar sem necessidade.


Ponto de vista de Rafael

Fala pessoal, darei proseguimento com minha visão sobre esta mão bastante interessante.

Trata-se de um Sit and Go, $0,50 de 45 players. Estamos com stack confortável no 3º nível de blinds. Temos um lindo AA e jogamos em posição contra um limper em EP com apenas 10bbs. O raise de 3x + 1 para cada limper é justo. Ultimamente tenho percebido que mesmo um 4x +1 nesta situação ainda tem recebido ainda bastante calls, mas está ok o raise pré flop. Recebemos call do BB e do limper.

FLOP ($667): J2K

Flop ruim para nosso AA contra 2 jogadores, e sem o nut flush draw. BB vai de check, limper que já estava comitado com o pote praticamente dá all in. Não abandonamos a mão para ele, uma vez que o mesmo faz isso com um range grande de mãos, desde mãos de valor como dois pares, trincas e flushs até flush draws e top pair. A questão aqui é o big blind, que tem um stack que pode machucar. Entendo que controlar o pote é a melhor linha nesse spot. Dar raise inflará muito o pote caso o BB resolva pagar, e ficamos numa situação delicada se ele shova ou nos aumenta.

TURN ($1.417): J2K K

Outra carta ruim no turn. O K pode estar no range de ambos, em especial do BB, que é nossa maior preocupação neste momento. Ainda perdemos de eventuais flushs que já tenham sido formados no flop, quem tinha top pair agora nos ganha com uma trinca e 2 pares como JK, ou trincas de 2, agora formaram um full house. Nesta fase do torneio, foldaremos para qualquer jogada mais agressiva. Nosso stack está confortável e não precisamos comprometer nosso torneio neste spot ruim, mesmo sendo a nossa mão um AA. Obviamente que temos que pagar o bet de 53 do limper inicial no pote de 1500 fichas. Para nossa felicidade (ou não), o BB apenas paga também.

RIVER ($1.576): J2K K 7

Esta carta não muda muita coisa. A filosofia é a mesma: tentar controlar o pote. E se possível ver um showdown de graça. Mas o BB sai dando uma bomba no valor do pote, jogando água nas nossas intenções.

Temos que foldar este AA. Acredito que uma mão com valor médio, como uma trinca ou mesmo um Jx também tentaria controlar e não iriam blefar seu valor, assim tiro essas mãos do seu range. Este bet no tamanho do pote pode representar um full house tentando extrair de mãos como trincas e flushs, ou mesmo o próprio flush tentando extrair de trincas. É possível que seja um blefe? Sim. Mas vejo num percentual muito menor do que estas mãos de valor mencionadas. Foldamos esta mão e seguimos com nosso stack confortável no torneio. O showdown nos mostra o nut flush do vilão.

Conclusão: No geral a mão foi bem jogada, especialmente no que se refere ao controle de pote. Não há necessidade de comprometer um stack tão saudável num spot ruim como este que se desenhou.


E ai, curtiu o RIT Analisa? Mande sua mão para nós também. Vamos bater um bapo sobre ela.

Gostou deste artigo? Então se inscreva na nossa lista de emails. Temos mais conteúdos assim para você. Basta clicar na imagem abaixo.

lista RIT


Ainda não ouviu nosso último episódio do podcast Run It Twice? Episódio 12 – Softwares de apoio: por que utilizar?. Ouça agora.

Leia também nosso último artigo: A Arte do Mimimi

Adicione o Run It Twice em seus favoritos, RSS e agregadores de podcast.

Quem valoriza o autor e o bom conteúdo, compartilha!

Anúncios

5 pensamentos sobre “RIT Analisa #1 – AA em board monotom

  1. Pingback: Explicado: 4 Situações de ICM em Torneios Para Nunca Mais Errar | RIT Podcast - Run It Twice - Poker

  2. Concordo com linha adotada de raciocínio em ambas as visões, mas uma outra visão da mão: um limp de posição inicial, com 10BB num torneio microstack onde o nível é ruim, não cabe um shoove allin pré flop?

    Curtir

    • Bruno, particularmente, eu nao gosto do shove. Primeiro porque temos 102bbs e não podemos considerar que o stack efetivo é de apenas 10bbs pois existem outros jogadores com stacks saudáveis para falar. Segundo porque provavelmente o range do adversário é grande e poucas são as mãos que pagam este shove. Seria desperdiçar o potencial que tem um AA, ainda mais tendo posição. Melhor dar um raise para punir o limper e ir jogar o jogo.

      Curtir

  3. Nós que agradecemos por você ter nos enviado a mão.

    Mais importante que jogar corretamente, é perceber erros e corrigi-los imediatamente. É isso que estamos propondo aqui.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s