Ante: esse pequeno “detalhe” irá devorar seu stack

Quem joga torneios de poker certamente já sabe o que são os antes: aquela pequena parcela de fichas obrigatórias que todo jogador deve pagar em todas as mãos a partir de determinado nível do torneio. São poucas fichas, ninguém dá nada por eles… Mas você sabia que eles podem inclusive determinar a forma com você jogará o torneio? Pois é, eles não são tão insignificantes assim. Se você ainda não sabe tudo sobre os antes, continue lendo este artigo para ficar por dentro do assunto.

antes

Os antes são pouco valorizados pela maioria dos jogadores de poker, mas não deveria ser assim. A estrutura de antes dos torneios é extremamente relevante para o chamado tournament life e para a forma como você irá jogá-lo. Em grande parte, são eles quem irão determinar quando você deve assumir mais ou menos risco dentro de um torneio de poker, juntamente com o nível dos blinds.

Muito já se sabe sobre a estratégia de push/fold com stacks reduzidos, até 15 bbs. Com esse nível de stack, não se tem espaço para muitos moves, então os ranges de push/fold começaram a serem estudados e isso já não é grande novidade para muita gente. Porém isso começou lá atrás, e de maneira muito mais profunda. Não levava apenas os blinds em consideração, mas também os antes.

O Fator M

A importância dos antes começou a ser difundida quando Dan Harrington lançou o conceito de Fator M em seu livro. O livro “Kill Phil” chama esse mesmo M de ISF (Índice de Status em Fichas), mas trata-se da mesma coisa. O M na verdade é a proporção entre o seu stack e o custo de uma órbita (ou CPR – Custo Por Rodada). O CPR é a soma entre big blind, small blind e todos os antes que você irá pôr.

Portanto se você tem 50.000 em fichas, numa mesa completa com 10 pessoas, e os blinds estão em 1000/2000/200, seu M é de 50.000/(2000+1000+2000) = 10. E segundo Dan Harrington, a maneira “ótima” para jogar de acordo seu nível de M é essa abaixo.

fator m

Imagem extraída do site PokerDicas

Mas, na prática, em que isso influencia meu jogo?

Jogadores mais loose tendem a “jogar o jogo” logo desde o ínicio, sem se preocupar muito com “os antes e esses detalhes”. Mas o nível de entrada dos antes pode ser um norte para os jogadores mais tights. Eles podem servir de alerta aos jogadores, dizendo que chegou a hora de ir para o jogo de verdade, pois a coisa começou a ficar mais cara. Se anteriormente o CPR nos blinds 200/400 era de 600, nos blinds 250/500/50 o custo é de 1250! Mais que dobrou em apenas uma passagem de nível. Parece bem sutil essa entrada dos antes mas rapidamente percebemos que não é.

O profissional Bertrand Grospelier, também conhecido como Elky, diz assim no livro “Kill Everyone“:

Antes Elky

Abaixo estão duas estruturas de torneios live que joguei:

 antes

O buy in de cada um deles é praticamente igual com o mesmo tempo de blinds: 15 minutos. Mas percebam como a estrutura do torneio A é muito mais agressiva que a do torneio B. Torneio B tem stack inicial maior, antes mais suaves, muito mais “confortável” de se jogar.

“- Ah, mas o torneio B não é viável, é menos rentável para a casa.”

Bom, não estou aqui avaliando isso e não tenho todos os números, mas mesmo assim retruco: haviam 4 mesas lotadas, e os rebuys seguiam em ritmo frenético do mesmo jeito que no torneio A. Continuemos…

O 5º nível do torneio A tem CPR de 1250. O 5º nível do torneio B tem CPR de 1100.

O 10º nível do torneio A tem CPR de 5100. O 10º nível do torneio B tem CPR de 2800.

E então, diante disso, você jogaria esses torneios da mesma forma? Tenho minhas dúvidas.

Conclusão

Não dar valor à estrutura de antes do torneio significa desconsiderar um item importante (e matemático!) do jogo. Todos os jogadores devem saber exatamente qual é a estrutura do torneio antes de sentarem para jogar. Com estrutura apertada, o roubo de blinds passa a ser ainda mais importante, de modo que seu range de mãos deve ficar muito mais flexível. Do contrário, a estrutura do torneio irá esmagar seu stack antes mesmo que você perceba. Com trocadilho, por favor.

Gostou desse conteúdo? Então cadastre-se em nossa lista de emails para receber outros exclusivos. Basta clicar na imagem abaixo.

lista RIT

Quem valoriza o autor, compartilha!


Ainda não ouviu nosso 8º episódio do podcast Run It Twice? O tema foi Os Segredos do Multitabling. Ouça através deste link.

Leia também nosso último artigo: Bolha: você está sendo lucrativo?

Adicione o Run It Twice em seus favoritos, RSS e agregadores de podcast.

Gostou? Compartilhe com seus amigos e nas redes sociais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s