Como ajustar o range de mãos em jogos live turbo

Neste primeiro artigo do Run It Twice, irei falar sobre o range de mãos para jogos live turbo. Trata-se de um ajuste na maneira de jogar fundamental para ter sucesso em jogos live, especialmente aqueles com tempo de blinds mais apertados.

pokerlive

Foto: Superpoker

Quando se aprende a jogar poker sob orientação de profissionais, seja por livros, vídeos ou mesmo coachs, especialmente quando se tratam de Sit and Gos, em geral a recomendação é jogar bem tight nos primeiros níveis de blinds, abrindo apenas com mãos premium, estudar os adversários e só a partir do 3º nível de blinds (ou da entrada dos antes) começar abrir o range. Isso funciona muito bem. Para os SnGs online.

No jogo online, joga-se certamente pelo menos 3 vezes mais que a quantidade de mãos que se joga em torneios live. É possível (recomendável, diriam alguns) dar essa “marretada” no início e ainda assim achar bons spots nos torneios e ser lucrativo.

No livro “Poker – Manual do Iniciante“, vendido pela Raise Editora ( e sorteado pelo RIT no 1o episódio do RIT Podcast!), eles parafraseiam o jogador Mason Mallmuth:

tight livro

Entretanto, quando se joga um torneio live, mesmo que ele tenha uma estrutura de SnG, a coisa muda de figura. Pode não parecer inicialmente, mas torneios com blinds de 15 minutos para jogos live são MUITO rápidos. Em algumas mesas, dependendo dos jogadores e do dealer, mal cabe uma órbita neste tempo. Qualquer pote multiway pode levar de 3 a 4 minutos facilmente. E isso muda completamente a maneira de se jogar o torneio.

dealer ruim

Seu dealer é veloz?

Não dá mais para usar essa estratégia. Você necessariamente terá que abrir o range para conseguir jogar. E especialmente no período de rebuy, isso significa entrar no tiroteio. Do contrário, você vai depender daquela runnada para ir bem no torneio. Jogando online, você aprendeu que “quando os níveis estiverem mais altos, não precisa fazer 3x, basta fazer 2.3 ou mesmo 2x que será suficiente”. No live, é capaz de você tomar 6 calls com seu TT jogando assim. O jogo ao vivo é muito mais loose. Além disso, sabe-se que quanto mais rápida é a velocidade do torneio, maior sua variância.

Assim, temos que considerar dar calls mais “marginais” em posição, valorizar algumas mãos antes não tão valiosas ou mesmo pagar aquele 3bet shove com A9o dependendo de onde venha a pancada. O vilão abriu de early position? Se ele não for um marretão, passe pelo menos a considerar o call no fim da mesa com aquele TJo, com 9To ou mesmo com seu A8s. Para tanto, é preciso obviamente estar concentrado para saber o range de open raise do vilão e também estar com o pós flop afiado.

Passado o período de rebuy, o jogo melhora um pouco e se assemelha mais àquele onde os tights estão mais acostumados a jogar. Mas eu disse “um pouco”. O jogo em grande parte das vezes ainda continuará solto pois o estilo live é esse.

tiroteio

Torneio live até o intervalo, mais ou menos assim.  Foto: PortalHoje

Em torneios de buy ins bem baratos e freerolls, esteja preparado para isso. Prepare também o bolso, pois jogar mãos marginais pode significar também perder fichas mais vezes, e, em consequência, fazer alguns rebuys. É por isso que em torneios com esse perfil (rápidos, poucas fichas e baratos) eu prefiro entrar no final do período de rebuys com tudo que tenho direito – buy in, rebuy e add on se possível. Assim fujo da tradicional pancadaria até o intervalo. Eu sei, assim perde-se a oportunidade de entrar na fase decisiva com uma quantidade de mais significativa de fichas. Mas é o preço que se paga para não ter que fazer muitas reentradas.

Como vocês jogam torneios assim?

Fazem muito diferente do que falei acima?

Deixe seu comentário.

Grande abraço.

Gostou desse conteúdo? Então clique na imagem abaixo e cadastre-se em nossa lista e emails para receber muito mais.

lista RIT

Quem valoriza o autor, compartilha!


Adicione o Run It Twice em seus favoritos e RSS.

Gostou? Compartilhe com seus amigos e nas redes sociais.

Anúncios

13 pensamentos sobre “Como ajustar o range de mãos em jogos live turbo

  1. Pingback: Teste de Chatice: responda e saiba se você é um mala numa mesa de poker | RIT Podcast - Run It Twice - Poker

  2. Pingback: A importância do review de torneios no poker | RIT Podcast - Run It Twice - Poker

  3. Pingback: Usando o All In Equity para acabar com o choro das bad beats de uma vez por todas | RIT Podcast - Run It Twice - Poker

  4. freeroll é o maior exemplo de tiroteiro de bets no começo do torneio, e muitas vezes isso é incentivado pela casa para aumentar o rake, um clube da minha cidade vai organizar um torneio 105k gtd, e nos free roll o campeão de rebuy da noite ganha vaga no torneio, dai ja ta pra imaginar que a palavra da noite é all in call é a resposta de boa parte da mesa.

    Curtir

  5. Pingback: Descubra como aplicar o float perfeitamente e ser ainda mais lucrativo |

  6. rapaz, esses Torneios turbo, Freeroll são minha casa! kkkkkkkkkkk Lembro que no início, antes de comprar alguns livros, como “O Livro Verde do Poker” e “Poker – A Essência do Texas Hold’Em”, eu jogava bem loose, ainda sem ter muita noção. Sabia só que jogar em late position, ali no button então, sempre favorecia e que 3bet era muito valor, então enfrentei muito nesse risco. Depois de alguns resultados e de ficar ouvindo aquelas falinhas, “chegou o churilho!” “olha o campeão aí!” percebi que estava algo de errado e realmente mudei meu jogo. Certamente, meus lucros e resultados também caíram porque a minha imagem era de um jogador muito passivo e, por outro lado, entendi mais sobre range, pot odds, e os spots mais adequados. Com certeza, jogar tight nos níveis inicias desses torneios é o mais indicado. Se o baralho não ajudar, re-buy, do contrário você vai perceber logo se aquele é mesmo o seu dia, é o famoso “deu axé!”. É o primeiro artigo aqui do RIT que eu leio, sou assíduo dos podcasts e, de cada vi o meu passado e a minha base do Poker ser listada assim… Emocionante caras! Muito bom mesmo! Vocês estão de parabéns! Rafa e Murilo, bom trabalho a vocês!

    Curtir

  7. Pingback: RunItTwice: Você realmente sabe como jogar no river de maneira correta? por Rafael Pimenta | APTH

  8. Pingback: Você realmente sabe como jogar no river de maneira correta? |

  9. Pingback: O RIT adverte: use a C-bet com moderação |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s